Lucro da Apple sobe e valor de mercado está perto de US$ 900 bilhões

Tim Cook Foto Marcio Jose Sanchez Marcio Jose SanchezAP
0 603
Tim Cook Foto Marcio Jose Sanchez  Marcio Jose SanchezAP
Tim Cook Foto Marcio Jose Sanchez Marcio Jose SanchezAP

Às vésperas do início das vendas do iPhone X, a Apple anunciou receita recorde de US$ 52,6 bilhões no terceiro trimestre deste ano. No período, o lucro subiu 19%, para US$ 10,7 bilhões. O resultado, acima do esperado pelos analistas, elevou as ações da companhia em 3% ontem. A expectativa do mercado é que, se as ações da empresa continuarem subindo, hoje o valor de mercado da empresa chegue a US$ 900 bilhões (quase R$ 3 trilhões).

O trimestre encerrado em setembro também marca o fim do ano fiscal de 2017 da companhia. Assim, a Apple registrou um lucro líquido anual de US$ 48,350 bilhões, um alta de 5,8%. A receita subiu 6,3% no período, para US$ 229 bilhões. — Tivemos receita recorde no quarto trimestre e crescimento anual em todas as nossas categorias de produtos. Foi o melhor trimestre para o setor de serviços — afirmou Tim Cook, diretor-executivo da Apple.

TELA INFINITA

A Apple aproveitou ainda a divulgação dos seus resultados financeiros para falar sobre o novo iPhone X, que será lançado hoje nos Estados Unidos e em mais 50 países. A Apple disse que o novo modelo vai ajudar a companhia a registrar vendas entre US$ 84 bilhões e US$ 87 bilhões no último trimestre deste ano. O número ficou acima da previsão dos especialistas, que estimavam receita de até US$ 84 bilhões. O recorde anterior ocorreu no último trimestre de 2016, quando a receita chegou a US$ 78 bilhões. — Com novos produtos, incluindo iPhone 8, iPhone 8 Plus, Apple Watch Series 3 e Apple TV 4K, estamos ansiosos para uma ótima temporada de fim de ano. E com o lançamento do iPhone X não poderíamos estar mais entusiasmados — disse Cook.

O aparelho, que comemora os dez anos do lançamento do primeiro iPhone, é considerado o produto mais importante nos últimos anos por ter reconhecimento facial e tela infinita, sem bordas. — A produção está indo bem. Estamos produzindo mais a cada semana. Estou satisfeito com como as coisas estão evoluindo. A demanda inicial para o iPhone X tem sido muito, muito forte — disse Cook. O aumento da produção visa a reduzir o tempo de espera para quem pretende comprar o iPhone X pela internet, que atualmente é de seis semanas. Cook mencionou o aumento de participação de mercado de iPhone, iPad e Mac na China. — Nós vendemos mais iPhones do que esperávamos. Tivemos crescimento de dois dígitos na venda de celulares em muitos mercados emergentes — disse Cook. No trimestre, as vendas de Mac subiram 25%, assim como iPad (14%) e relógios (36%). Com informações do Extra

Comentários
Carregando Comentários...