Pais reclamam de bonecas ‘trans’ de ação social em Goiás

Brinquedo gerou polêmica entre pais nas redes sociais por misturar características femininas, como roupa e maquiagem, em um corpo com o órgão masculino

Reprodução/Facebook
0 461

Pais de crianças goianas não gostaram dos presentes que seus filhos receberam em uma ação natalina. Pelas redes sociais eles reclamaram do que diziam ser “bonecas transgênero” distribuídas pela Organização das Voluntárias de Goiás, com o apoio do governo estadual. Alguns brinquedos, entregues na quarta-feira 13, têm características femininas, mas suas roupas cobrem a representação de um órgão masculino.

Em vídeo, um pai da cidade de Nova Gama critica a distribuição do brinquedo e tira a roupa da boneca para mostrar a “incoerência”. Apesar da indignação, outros pais apoiaram a iniciativa que, para eles, incentiva o debate de gênero e diversividade.

Entretanto, a própria organização não se alinha a nenhuma das correntes e nega qualquer intenção de fomentar esse debate. Para eles, o que ocorreu foi um erro de interpretação. Segundo a assessoria da entidade, o objetivo era apenas distribuir os presentes para as crianças dentro do Projeto Show de Natal, que acontece desde 1999. A organização, ligada à Igreja Católica, distribui presentes a crianças em mais de 256 municípios goianos em parceria com o governo estadual.

Em entrevista coletiva, o diretor da organização Major Augusto, disse ter ficado surpreso com a polêmica em torno do brinquedo. “Nos colocamos à disposição para receber as devoluções de brinquedos, os pais têm a opção de escolha de outros itens que estão sendo distribuídos em todo o Estado”, disse. O diretor lembrou, também, que em 2016 a organização distribuiu o mesmo brinquedo e que na ocasião não houve nenhuma queixa. Redação: Veja

Comentários
Carregando Comentários...