Estudantes desenvolvem aplicativo para mapear focos do Aedes Aegypti

0 25
Estudantes do Colégio Estadual Vitor Soares, localizado na Ribeira, lançaram o aplicativo (app) Aedes Play, resultado da culminância das atividades que têm o objetivo de conscientizar os alunos e a comunidade escolar sobre a responsabilidade no combate e na prevenção ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor de doenças como a dengue e o Zika vírus. O app foi lançado nesta quarta-feira (14) e está disponível para acesso no endereço: aedesplay.com
O professor e orientador do projeto, Marcos Pessoa, disse que o aplicativo contribuirá aos órgãos competentes no mapeamento e identificação de locais com focos do mosquito. “A ideia é que por meio do app o usuário possa tirar uma foto do local que possui o foco do Aedes. Por meio da geolocalização, é registrado o endereço onde foi tirada a foto. Aí, por meio do sistema, é possível ter acesso a todas as imagens e locais onde foram detectados os focos. O nosso objetivo é que essa informação também seja enviada para os setores de Saúde para que possam mapear essas situações. Queremos ainda incluir um game que será feito para incentivar ainda mais o combate ao inseto”, afirmou.
O estudante Diego Sousa, da Educação Inclusiva, destacou a importância da atividade para uma formação cidadã dos alunos. “Além deste envolvimento com a tecnologia, que resulta em um aprendizado diferenciado, a iniciativa de nos mobilizarmos para combater o Aedes Aegypti mostra que temos a chance de mudar a realidade ao nosso redor e podemos encontrar soluções para resolver esses problemas”, disse.
(Assessoria de Comunicação – ASCOM)
Comentários
Carregando Comentários...