Seleção brasileira conta com equipe anti-drone para conter espiões em Sochi

(Foto: Tossiro Neto) Globo Esporte
0 43

Copa do Mundo da Russia

Três indivíduos diferentes ao habitual da seleção brasileira, portando binóculos e rádio de comunicação, permaneciam na cobertura de um imóvel adjacente ao campo em que o grupo treinava na tarde desta quarta-feira.

No entanto eles não eram espreitadores, e sim confederados da comissão técnica de Tite. De acordo com a CBF, tratava-se de um grupo de trabalho concedida pela Fifa a todas as seleções e responsável diretamente a evitar que concorrentes da Copa do Mundo consigam observar a preparação dos jogadores.

Eles têm autoridade para derrubar algum drone que sobrevoe os áreas de treinamento da equipe. Com finalidade de isso, operam um instrumento que dificulta a frequência do agente eletrônico.

antidrone
(Foto: Tossiro Neto) Globo Esporte

O edifício vizinho é um hotel – recomendado no website da Fifa como hospedaria para o torneio. Entretanto, de acordo com a CBF, os quartos com abertura para o campo serão utilizados no decurso de a passagem da Seleção por Sochi unicamente por jogadores bancados pelo Comitê Olímpico Russo.

A confederação brasileira, também, esteve em contato e teve garantia de que somente moradores de uma lista enviada pelo comitê poderão ter acesso ao local.

No decorrer do exercício desta quarta-feira, inúmeras sacadas ficaram ocupadas. Na resolução, foi determinado que nenhum treinamento poderá será filmado pelos hóspedes.

Embora costume confirmar suas escalações com antecipação, Tite tem buscado cada vez mais treinar seus atletas sem filmadoras e repórteres por perto.

A delegação do brasil viaja na sexta-feira a Rostov, localização do primeiro jogo na Copa, contra a Suíça, marcado para o domingo dia 17. Posteriormente da estreia, volta ao resort em que está hospedada em Sochi.

Comentários
Carregando Comentários...